Como compram online os lisboetas?

Picodi

Poucos setores de economia desenvolvem-se tão rapidamente como o e-commerce. No ano passado a compra online cresceu 24,8%! Em Portugal, já 36% dos portugueses fez compras online.

Como compram os lisboetas em comparação com os habitantes do Porto? São mais ou menos modernos? Gostam de comprar muito ou preferem gastar o mínimo possível?

Analisámos milhares de transações feitas pelos nossos usuários no ano 2017 para sabermos exatamente:

  • quanto dinheiro gastam conforme o dispositivo que utilizam para a sua compra
  • top meses para a compra online
  • dias da semana mais populares
  • horas preferidas pelos portugueses para fazer a sua compra.

O nosso relatório mostra também as preferências de compras em várias regiões de Portugal e comparação de Lisboa com o Porto.

Estatísticas de Lisboa

Como compram online os lisboetas?

Lisboetas não usam tablets

No ano passado desktops e telemóveis foram os meios igualmente importantes na compra online- foram usados em 47,26% e 47,53% de transações (respetivamente). Somente 5,71% da compra foi feito via tablets, o que só confirma que este meio não é popular e a sua importância não cresce muito.

São lisboetas apaixonados por Apple?

Será que os lisboetas ficaram mesmo loucos por Apple ou preferem o mais tradicional Android? Resulta que dentro de telemóveis, 77,26% são usuários de Android e somente 22,74% de IOS. São também os usuários de Android que gastam um pouco mais- o valor médio das suas encomendas é de 65,17€, enquanto o de usuários de IOS – 61,62€.

Qual é o valor da compra conforme o dispositivo utilizado? Resulta que as diferenças são mínimas- desde 63,40€ do valor médio da compra dos usuários de móveis até 70,42€ gasto por compras via desktop.

A loucura da Black Friday

Lisboetas gostam de aproveitar os últimos meses do ano para desfrutar de grandes festas de compra, tais como Black Friday, Cyber Monday ou promoções natalícias. Em novembro chegam a comprar até duas vezes mais do que em setembro ou novembro e até dez vezes mais do que no janeiro! O início de ano é o período com menos compras de todo o ano. Os três primeiros meses representam somente 6,66% da compra anual dos lisboetas, enquanto os três últimos- 40,01%! O valor da compra também muda durante o ano, sendo o mês mais fraco o abril, quando os lisboetas gastam em média 48,10€ numa compra e o mês em que gastam mais- obviamente o novembro (86,22€), quando todos aproveitam Black Friday para comprar mais e mais barato do que ao longo do ano.

Compra nas horas do trabalho, é normal?

Quando exatamente os lisboetas aproveitam o tempo para fazer compras? Resulta que, para compras via desktop, o seu dia preferido é a sexta-feira e o dia menos popular- o domingo. Situação é diferente quanto as compras via telemóveis. O dia em que se faz mais transações é a segunda-feira.

Vamos aprofundar este estudo. A que horas os lisboetas fazem compras? Aqui também a diferença é bem grande entre as compras feitas via desktop e via telemóveis. As horas mais populares para compras via desktop são entre as 11 e 12 e a continuação, entre as 14 e 16, para baixar gradualmente ao longo do dia. Será que os lisboetas, depois de preparar o seu café e pequeno- almoço começam o seu dia do trabalho pela compra?

Quanto a hora de ponta de compra via telemóvel, o número de transações cresce gradualmente, para chegar a maior número em últimas horas do dia (sendo a hora de ponta 23). Esta diferença, obviamente, tem relação com o acesso aos telemóveis que temos sempre connosco, ao contrário de desktops.

A categoria mais popular entre os lisboetas é o desporto, que chega à 49,49% de todas as compras feitas via telemóvel e 41,29% via desktop.  É surpreendente que a metade de todas as compras feitas por lisboetas são de vestuário e calçado desportivo! O segundo lugar ocupa, tanto na compra de desktop (19,35%), como na compra via telemóvel (17,04%), a compra de roupa. Os restantes categorias são eletrónicos, livros e, numa porcentagem muito pequena, cosméticos.

Lisboa vs Porto

Lisboa vs Porto

Portuenses gastam mais do que Lisboetas?

Surpreendentemente, não são os lisboetas a gastarem mais na sua compra. O primeiro lugar é ocupado pelo Porto, o segundo pela Madeira, e só no terceiro lugar aparece Lisboa, com o valor médio do cesto de 67,48€:

  1. Porto 78,24 €
  2. Madeira 67,54 €
  3. Lisboa 67,48 €
  4. Trás-os-Monte 64,77 €
  5. Alentejo 64,08 €
  6. Algarve 63,66 €
  7. Minho 60,96 €
  8. Beira 59,50 €
  9. Estremadura 59,48 €
  10. Azores 50,11 €

Mesmo assim, comparado com o resto do país, o valor da compra dos lisboetas fica um pouco por cima da média de Portugal- é de 67,48€, com a média geral de 63,58€.

Costumes noturnos

Quem compra mais à noite? Comparámos resultados do Porto e de Lisboa e resulta que a hora de ponta para compras são as 15 e ao longo do dia, vai diminuindo, enquanto que no Porto as pessoas preferem aproveitar as horas noturnas para realizar as suas encomendas, sendo a hora de ponta… as 23. Os usuários de telemóveis nas duas cidades optam por compras tarde a noite.

O dia mais popular

E quanto às horas, dias de semana e meses? Resulta que as estatísticas de Lisboa são muito parecidas às estatísticas gerais do país, o que mostra que são os usuários da capital os que marcam as tendências para o resto de Portugal.

Metodologia

O relatório refere-se às compras online feitas por portugueses no ano 2017 via telemóveis e desktops.

Política de uso aceitável (Fair Use Statement)

Os seus leitores estão interessados em conhecer maneiras fáceis de poupar dinheiro? Gostaríamos de ver os resultados do nosso estudo compartilhados na sua página para fins não-comerciais. Assegure-se de inserir um link para esta página, para que os seus leitores possam ver o nosso estudo na sua totalidade e os nossos contribuidores ganharem crédito por seu trabalho.


Essas lojas oferecem hoje descontos extremamente altos! Veja:

La redouteGearbestMyproteinLogitravelRail europe
EdreamsGuessAbreuAliexpressNike

 

``