Comprando livros no Brasil (e pelo mundo)

Picodi

Ao longo da história, desde a invenção da impressão, os livros têm sido a mais importante fonte de informação sobre o mundo circundante. Apesar de ultimamente a internet ter tomado o lugar de importância, os livros continuam sendo não apenas fonte de conhecimento, mas também de ideias e inspiração.

O Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais estabelecido pela UNESCO vem sendo celebrado há apenas algumas décadas. Esse relativamente recente, feriado serviu de inspiração para o Time de Análises do Picodi.com para verificar como, quando, onde, por que e se todos os brasileiros compram livros e como eles se sentem em relação à literatura..

Quando nós compramos livros?

O número considerável de lojas online que vendem livros são uma importante evidência de que os brasileiros compram livros. As estatísticas sobre o país mostram que o período de maior demanda por livros em lojas online ocorre nos quatro primeiros meses do ano e o auge foi em março (15% das transações anuais). Podemos atribuir o aumento da demanda por vendas de livros em lojas online ao início do ano letivo no Brasil, já que comprar livros para estudar e para trabalhar é o segundo maior motivo dos brasileiros comprarem livros (28%).

A MUDANÇA DE DEMANDA POR LIVROS NO BRASIL AO LONGO DO ANO

O que nos faz comprar livros?

Nós realizamos uma pesquisa entre os brasileiros para aprender como eles compram livros. É importante ressaltar que nós tentamos não determinar o número de pessoas que leram. O objetivo mais importante do nosso estudo foi entender a tendência de consumo na área da literatura.

De onde os brasileiros conseguem livros? 50% declarou que comprou em lojas de livros. Pegar emprestados de amigos ou em bibliotecas são as formas menos relatadas de conseguir livros em os brasileiros, 11% e 8% respectivamente. Os 31% restantes admitiram que não lêem muito ou não se interessam por livros.

Nós fizemos a seguinte pergunta na pesquisa: “Você comprou ao menos um livro no último ano?” – a resposta foi positiva para 77% das mulheres e 71% dos homens. Esses respondentes foram nosso grupo-alvo – nós perguntamos para eles algumas questões sobre tipos de livros preferidos, lugar onde compram e gênero favorito de leitura.

COMPRANDO LIVROS NO BRASIL

Comprar livros na forma de audiobooks está se tornando popular com o passar dos anos. Entretanto, no Brasil, audiobooks ainda não tem muito reconhecimento. No ano passado, CD ou audiobook em formato digital foram comprados por apenas 2% e 1% dos respondentes respectivamente. Os livros de papel são os mais populares em os leitores brasileiros.48% dos respondentes compraram seus livros em lojas online enquanto que 58% compraram em lojas físicas..

A maior parte dos brasileiros comprou livros com base nos seus gostos e decisões pessoais (55%). A recomendação de amigos apareceu como segunda maior razão de comprar livros (45%) e entre outras razões surgiram também lançamentos de filmes baseados em livros (27%) e livros nominados a prêmios (12%). Com a crescente popularidade da Internet e das Mídias Sociais, as resenhas de livros feitas por bloggers também têm um importante papel (15%).A barganha do preço foi escolhida como fator determinante da compra para 36% dos participantes da pesquisa. Esse é um aspecto crucial quando verificamos que para 14% dos respondentes os preços de livros são excessivos e 10% deles consideram que os preços são altos.Apesar disso, mais da metade (53%) declarou que os preços são aceitáveis.

Por que brasileiros compram livros? A maioria deles pelo simples fato deles amarem ler (46%).Um pouco mais de um quarto deles (28%) compram por causa dos estudos ou trabalho e 6% como presente. 20% dos respondentes declarou que os ato de comprar livros é um remédio para o estresse (nós decidimos não perguntar se eles lêem esses livros).

Os gêneros mais populares

A maioria dos leitores escolheu ficção (65%).Outros gêneros adorados pelos brasileiros são literatura de hobbies e interesses e literatura científica (41% e 36% respectivamente).

Não há surpresas para o fato dos leitores prefiram ficção à livros de não-ficção. Com a ampla gama de gêneros ficou mais fácil para os leitores ao redor do mundo encontrarem algo que eles gostem. Entre os gêneros mais populares estão o romance, criminal, aventura, história, terror e ficção científica e fantasia. Literatura moderna e poesia são os menos favoritos.

A maioria das pessoas (46%) compra livros frequentemente – uma vez ao mês. 38% compram livros ocasionalmente, algumas vezes ao longo do ano.

A maior parte dos respondentes (77%) estão satisfeitos com os livros disponíveis no mercado. 23% das pessoas que responderam a pesquisa opinaram que as editoras brasileiras não publicam um número suficiente de livros.

Qual o país que mais lê?

Temos que ressaltar que o objetivo da pesquisa não foi determinar o país que menos lê no mundo. No entanto, podemos identificar países onde livros são comprados mais frequentemente. Esses são a Turquia, a Rússia e a Espanha. O Brasil está em oitavo lugar, entre os 41 países pesquisados, no qual 74% das pessoas comprou pelo menos um livro no ano passado. Acima do Brasil no ranking está a Eslováquia e abaixo está o Cazaquistão.

O INTERESSE POR LIVROS EM VÁRIOS PAÍSES

Metodologia

Este relatório é baseado em dados internos da plataforma global de e-commerce Picodi.com sobre transações em livrarias online e pesquisa realizada em março de 2019 com 7800 respondentes de 41 países.

Uso Público

Você quer compartilhar informações e infográficos sobre compras de livros no Brasil e ao redor do mundo com seus leitores? Sinta-se à vontade para usar todos as informações e infográficos contidos nesse relatório para fins comerciais e não-comerciais contanto que você indique o autor da pesquisa (Picodi.com) com o link para a subpágina.